Informações sobre a apnéia do sono

Muitas pessoas sofrem com a apnéia do sono e nem mesmo sabem que estão com essa doença. Ela é diagnosticada através do ronco, e convenhamos que não é nada fácil dormir perto de alguém que ronca.

Aproximadamente 30% dos homens sofrem com esse problema, conta 10% das mulheres, esse dado é muito importante, pois roncar pode muitas vezes mostrar que a sua saúde não está boa, como é o caso da apnéia do sono, diagnosticada através do ronco, onde a pessoa ao dormir tem pequenas e constantes paradas respiratórias durante á noite.

Com isso a pessoa não tem um sono saudável, porque o corpo faz com que ela acorde algumas vezes á noite para que ela possa respirar de forma adequada, isso pode ser denominado microdespertares. Até 5 microdespertares por noite é aceitável, mais de 5 vezes é ruim e deve ser tratado, pois a pessoa pode apresentar sonolência diurna e mais de 15 vezes é diagnosticado apnéia.

O que pode causar essa apnéia é a ingestão de bebidas alcoólicas, obesidade, cansaço, diabetes, alterações vasculares dentre outras. Por isso é muito importante manter uma boa alimentação, praticar atividades físicas e sempre fazer exames.

Deitar de lado, na maioria das vezes melhora um pouco os casos de apnéia, isso porque a musculatura da garganta não relaxa tanto, diminuindo assim o ronco e conseqüentemente as micro paradas respiratórias.

Em casos mais graves o tratamento é realizado com um aparelho que fornece oxigênio por meio de uma máscara. Esse deve ser usado por muito tempo até que o problema tenha cessado, porém estes são mais caros, por causa disso muitas pessoas optam pelas cirurgias que são muito eficientes e são fornecidas pelo SUS.

Por isso fique atento á sua saúde e não descuide dela por nada, pois a apnéia do sono se não cuidada pode até mesmo levar uma pessoa á óbito.


Você também pode gostar ...