Sífilis sintomas e tratamento

A Sífilis é uma doença sexualmente transmissível, ela é causada por uma bactéria, onde o seu nome científico é ‘Treponema pallium’. Normalmente ela é transmitida no ato sexual onde uma pessoa com a bactéria tem uma ferida aberta na região das genitálias.

Quando adquirida esta passa alguns estágios. No primeiro estágio esta aparece como uma afta, chamada de cancro. O período de tempo para aparecer estes primeiros sintomas é de 10 á 90 dias, sendo que o mais comum são 21 dias.

Este cancro é firme, redondo e indolor, aparece no local onde a sífilis entrou no corpo e desaparece por volta de 3 á 6 semanas se estiver tratando, porém se não for tratado esta doença pode avançar para o segundo estágio.

Alguns sintomas do estágio secundário é febre, dor na garganta, dor de cabeça, perda de peso, dores musculares e fadiga. Além disso, aparecem algumas erupções na pele que não coçam, sabendo que muitas vezes estas são tão pequenas que passam despercebidas.

Os sintomas do segundo estágio sumirão com ou sem tratamento, mas se não houver tratamento esta irá progredir para o terceiro estágio, onde a sífilis continuará no corpo de não for tratada.

O terceiro estágio é o mais grave. Se chegar á este ponto e ainda não for tratado alguns órgãos internos poderão ser prejudicados, como o cérebro, olhos, vasos sanguíneos, coração, nervos, fígado, ossos e articulações.

Estes sintomas podem aparecer anos depois, e podem estar relacionados com cegueira, má coordenação corporal, paralisia, entre outros mais sérios que podem até mesmo causar a morte.

Por isso é muito importante fazer o tratamento ainda quando no início, já que os sintomas são maiores no primeiro estágio, sabendo que ainda neste ela é mais fácil de ser curada. Uma única injeção intramuscular de Penicilina irá curar uma pessoa infectada pela Sífilis há menos de um ano.

Para as pessoas que tem alergia á este tipo de medicamento existe outros que podem ser ministrados e também são muito eficientes para o tratamento, mas para que você possa fazer o tratamento será preciso passar primeiramente em um médico ginecologista ou urologista.


Você também pode gostar ...