A nova regra de português


Para muitos a língua portuguesa é considerada uma das mais difíceis de falar e escrever, isso porque temos muitos tempos verbais que devem estar concordando uns com os outros.

Algumas regras de ortografia foram mudadas para facilitar o entendimento e escrita do português brasileiro, lembrando que existe o português de Portugal que é um pouco diferente do nosso.

Agora teremos apenas mais um ano para nos adaptar ás novas regras de pontuação e escrita, pois ela estará valendo a partir do ano de 2012, por isso é muito importante que você saiba como é ela.

Então para que você saiba mais sobre ela, separamos algumas novas regras importantes.

Sinais e Pontuação:
Muitas pessoas não dão tanto importância á pontuação, mas uma simples vírgula pode mudar muita coisa. Os ditongos abertos em “ei” e “oi” não serão mais acentuados, como por exemplo, idéia- ideia, bóia- boia, hiatos “oo” e “ee” como lêem- leem e enjôo- enjoo, acento em palavra homóloga também saiu, como por exemplo, pára-para e pêlo- pelo.

Hífen:
O novo acordo ortográfico tirou o hífen de palavras formadas por prefixos terminados em vogal, por exemplo: auto-retrato- autoretrato, contra-regra- contraregra, anti-social- antissocial, semi-automático- semiautomático e assim por diante.

Porém o hífen continuará sendo usado quando o prefixo terminar em ‘r’ ou for terminar em uma vogal e a seguinte palavra começar com a mesma vogal, por exemplo, inter-regional, super-realista, anti-ibérico, anti-imperialista, dentre outros.

Trema:
As palavras com trema perderão este acento, por exemplo, agüentar, cinqüenta, freqüência, eloqüente dentre outras, apenas substantivos de nomes próprios terão como, por exemplo, Müller.

Essas são algumas novas regras da língua portuguesa, portanto quem precisa estar atualizado no português é interessante que compre um livro com as novas regras, sendo muito importante para pessoas que prestam concurso e fazem grande quantidade de relatório.