Amor líquido e solidão sólida! “Foi, mas, não é mais”…

10

Vivemos em uma geração na qual não existe nada sólido, o amor liquido, é o que mais vemos em todas as esquinas, ruas, casas, bares, baladas, em tudo!

Infelizmente, devido a evolução tecnológica, e uma moldagem da sociedade, que não entendemos, muitas pessoas, decidiram por si só, ficarem sozinhas!

Hoje, ainda mais, devido a pandemia, estamos completamente distantes de qualquer relação afetiva! Digo os solteiros!

Sendo assim, os namorados e casados, que tiveram a sorte de encontrar suas pessoas amáveis, seguem firmes e fortes!

Mas, a grande porcentagem dos solteiros, sabem que a possibilidade de não encontrar alguém tão cedo é exata!

Mas, qual o motivo da sociedade ficar tão ausente de amor?

Já percebeu que todas as pessoas estão mais solitárias? Não por conta da pandemia, mas, antigamente já vinha acontecendo!

Lembra do Natal? A família inteira reunida, hoje em dia, poucas famílias se reúnem, ninguém mais almoça junto! Cada um em um ambiente, e isso virou cultural!

A internet, na qual a gente mata a saudade “digitando”, todas essas coisas influenciaram em todo nosso distanciamento pessoal!

Veja também:

Amor liquido, o que isso significa?

Se parar para analisar, muitas pessoas estão cada vez mais distantes isso em todos os sentidos, físicos e mentais!

Geralmente os relacionamentos duram no máximo 1 ano! Não existe mais aqueles relacionamentos que duram a vida inteira!

Existir, existe! Mas, são raridades!

Os amores líquidos da sociedade, ficaram cada dia mais comuns! Infelizmente essa é uma realidade nossa!

Solidão sólida, cega e invisível!

Ficou tão cultural essa “solidão sólida”, que praticamente ficar com uma pessoa por muito tempo virou algo completamente anormal!

É impressionante como uma sociedade inteira se molda, ao mesmo tempo é bastante triste!

Infelizmente, o sonho de construir uma família cada vez mais tem sido esquecido!

Hoje em dia as pessoas dão mais valor aos bens materiais, do que aos bens interiores, que moram dentro do nosso coração!

Amor liquido, e uma sociedade praticamente inteira liquida!

Para que caminho estamos andando? Se em plena pandemia, ainda há pessoas que burlam o isolamento para encontrar “amores passageiros”?

Se é que existe amor, na realidade, o amor foi deixado de lado, entramos em um caminho no qual parece não ter mais volta!

É muito triste, saber que a decadência do amor nos chegou em plena época na qual o isolamento é essencial!

Amor líquido é conhecer mil pessoas, e estar só!

Somos reflexos de mil amizades, sem ter contato com ninguém, sem amar ninguém, apenas estamos “caminhando”, sem saber o destino!

A solidão coletiva talvez seja o maior veneno dessa sociedade, que muitas vezes imagina o próximo como um “objeto”!

Talvez isso tudo aconteça, por muitas “maldades humanas”, as pessoas foram perdendo a confiança, o sonho foi adormecendo!

Mas, disso tudo que foi dito, o que temos que fazer é o inverso de tudo, nos entregar é importante, por mais difícil que seja!

Devemos encarar o medo, e estarmos ciente de que todas as coisas podem acontecer, inclusive, ficarmos sozinhos novamente! Mas, sozinhos nunca estamos… Amores líquidos!

Deixe uma resposta

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui