Benefícios do óleo de coco

Está desempregado?
Marketing por

Melhorar a nossa qualidade de vida é muito bom, precisamos cuidar mesmo da nossa saúde, para que possamos ter melhor saúde, por isso é que nas prateleiras existem diversos produtos para a nossa pele, bom funcionamento do nosso corpo, para aumentar a absorção dos nutrientes e muito mais.

Mas apesar de todos estes produtos, existem alguns que com um preço mais baixo conseguem nos oferecer muitas vantagens, como o óleo de coco. Ele tem um benefício que é o que mais atrai as pessoas, facilita a perda de peso, isso acontece através de uma glândula que estimula o metabolismo, a tireóide.

Porém é preciso que você tenha em mente que ele deve ser usado como um complemento e não deve ser ingerido sozinho, por isso a correção da alimentação e atividade física também são muito importantes para a perda de peso.

O óleo de coco é considerado um alimento funcional, este tipo de alimento são aqueles que fornecem benefícios á saúde e vão além da sua função nutritiva. Eles são ótimos para a construção de ácidos graxos que possuem a ação antimicrobiana no organismo humano.

Ele ainda possui outros tipos de ácidos que no corpo humano tem ação anti-viral, anti-bacteriana e anti-protoziária, usados no organismo para destruir uma camada de gordura de vários microorganismos como o HIV, herpes, influenza, dentre muitos outros.

Cerca de 7% dos ácidos graxos do coco são compostos por um ácido chamado cáprico, que também se transforma no corpo humano, se tornando assim a monocaprina, que também possui propriedades antimicrobianas contra HIV e herpes.

Além de tudo isso o óleo ainda reduz o risco de doenças cardíacas, reduz o risco de câncer, regulariza o ritmo intestinal, ajuda a controlar o diabetes, aumenta os níveis de energia, melhora a digestão e absorção de nutrientes, aumenta o metabolismo, ajuda na perda de peso, ajuda a prevenir a osteoporose e ainda mantém a pele macia e previne o envelhecimento.

Recomendação diária

A recomendação diária é de 10 a 20 gramas por dia, mas a melhor coisa a se fazer é consultar um nutricionista para que ele possa recomendar a melhor dose para você.

Tabela de informação nutricional

Está desempregado?
Marketing por