Caverna de Nerja: Monumento natural da Espanha

Conheça um pouco mais sobre a história de um dos maiores monumentos naturais da Espanha. A Caverna de Nerja, foi descoberta de maneira inesperada, acompanhe o artigo e veja um pouco mais dessa história.

Há um pouco mais de 60 anos atrás, 5 crianças que pertenciam a cidade de Nerja, em Málaga, uma região espanhola da Andaluzia, ao saírem para brincar jamais imaginariam que descobririam um dos maiores monumentos naturais da Espanha.

Entretanto, essas crianças ao saírem para brincar nos campos como de costume, acabaram encontrando uma das cavernas com maiores estalactites do mundo.

Contudo, já beirando a casa dos 80 anos, uma das crianças daquela época, hoje já um senhor, diz que jamais imaginaria que haviam descoberto algo tão grandioso para o país e que traria tantos turistas assim.

Manuel Muñoz, e seu irmão Miguel, Francisco Navas, José Luiz Barbero e José Torres Cárdenas, são muitos atenciosos e simpáticos e mencionam sempre que se sentem orgulhosos de ter transformado a economia da região onde vivem.

Com uma renda milionária e um fluxo gigante de turistas de todos os lugares do mundo.

Por fim, por terem descoberto a preciosidade do lugar, eles a consideram patrimônio deles.

Para você ter uma noção, são cerca de meio milhão de pessoas indo visitar a caverna.

De tão importante que o local é, que no ano de 2019 quando a caverna fez seu aniversário de 60 anos de descoberta, fora promovida uma grande festa, com muitas atrações e músicas nacionais e internacionais.

Caverna de Nerja

Essa gruta é imensa, isso porque possui mais de 5 quilômetros de galerias e já puderam registrar mais de 600 pinturas.

No entanto, nem todas as áreas são acessíveis, porém, com um programa novo de computação é possível ter uma visão completa da caverna.

Pepita da Caverna de Nerja

Nesta caverna o visitante pode ver pessoalmente a Pepita, um dos esqueletos mais bem preservados do mundo com cerca de 9.900 anos, descoberto em 1982.

Segundo estudos, esse esqueleto pertenceu a uma jovem que morreu de otite (infecção no ouvido) e possui uma boa parte da atenção dos turistas.

Ainda sobre a caverna de Nerja

O instituto de cientifico e de Pesquisa, estuda novas possibilidades de aumentar o acesso a visitas dentro da caverna, ou seja, provavelmente daqui um tempo será possível conhecer áreas ainda não exploradas da caverna.

Além de todo a beleza e curiosidades, para quem é fã de gastronomia, lá são oferecidos pratos baseados na arqueologia pré-histórica, oferecidos pelo belo aparador de Nerja.

Também oferece quartos no estilo antigo para hospedes que desejam se sentir há muitos anos atrás.

Portanto, é uma ótima oportunidade para estar conhecendo e também adquirindo experiências incríveis.

O que fazer na Andaluzia

Segóvia

Não deixe de visitar a catedral de Segóvia, e também ao Alcazar. Não deixe de aproveitar a viagem com um guia local, que irá te contar histórias incríveis sobre os lugares que passarem.

Uma outra opção é passear de balão seguindo um tour pelos principais pontos turísticos da cidade.

Córdoba

Não deixe para depois e conheça a Mesquita-Catedral, a Medina Azahara e os pátios de Córdoba.

Aproveite ainda mais a cidade, utilizando o ônibus Hop On Hop Off, passará nas principais atrações e você pode subir e descer quantas vezes quiser.

Granada

E não poderíamos deixar de citar que em uma viagem a Andaluzia, a parada obrigatória ir a milenar Granada.

Alhambra e os palácios Nasridas são lugares incríveis que você pode estar aproveitando a noite e assistindo a lindas apresentações de flamenco no Jardines de Zoraya.

Por fim, tem o Museu Grutas de Sacromante, ou se também fizer o seu estilo tem o Pátio de los perfumes.

Por fim, essas foram as dicas para estar passeando em uma viagem para a Espanha.

Portanto, não deixe de conhecer a grande caverna de Nerja e os munícios que a cerca.  Aproveite para ler 7 maravilhas do mundo e suas curiosidades e leia também Viagem pela Espanha.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *