Como preparar soro caseiro


Muitas vezes os médicos pedem para que a mãe dê soro caseiro ao filho, mas elas não sabem como fazer. A dose precisa ser correta para que o efeito seja o esperado.

O soro caseiro é bom para desidratação causada pelo excesso de calor e pela diarréia, doença comum do verão. As pessoas que fazem o soro caseiro costumam superdosar na quantidade, o que não é bom.

soro

Por isso o Ministério da Saúde está distribuindo gratuitamente nos postos do país e nas unidades de Farmácia Popular o soro de reposição oral, ele contém 3,5 gramas de sal e 20 gramas de açúcar por litro de água.

Esse é importante para manter a pessoa hidratada, e ás vezes evitar ir ao Pronto Socorro para ter o soro inserido pela veia.

Os sintomas da desidratação são: Olho seco, choro sem lágrima, boca seca, moleira funda e olho fundo. Para crianças o bom tratamento é leite materno e soro oral, para adultos é interessante consumir mais água, chá, suco e água de coco.

O Soro oral que é dado no posto ou nas farmácias populares é preciso que você dissolva todo o pó do envelope em um litro de água potável, não precisa colocar açúcar, sal nem fervê-lo, é preciso apenas usar dentro de 24 horas.

Já o soro caseiro você precisa de um copo de 200 ml cheio de água potável, uma medida menor de sal e duas medidas da maior, rasas de açúcar. Essa colher de medida você pode encontrar nas farmácias ou em postos de saúde.

Com o caseiro você pode fazer com que a criança ou adulto agüente por mais tempo a desidratação, ou em alguns casos até melhore. Ajudando assim o serviço do pronto atendimento.

Lembrando que o fisiológico não substitui a água que o seu corpo precisa, por isso não deve ser ingerido várias vezes, e sim apenas em casos de emergência.