Como tirar uma espinha interna


As espinhas são tratadas pelos especialistas como acne, elas são pequenas inflamações nas glândulas sebáceas da pele, onde são elas as glândulas responsáveis por hidratar a pele e ainda manter a oleosidade natural.

A espinha pode surgir por diversos motivos, por aumento ou diminuição da produção de óleo da pele, por problemas hormonais, por medicamentos que aumentam a oleosidade da pele, dentre alguns outros motivos.

Quando a espinha aparece em grande quantidade é possível fazer um tratamento com medicamentos, pomadas ou até mesmo hormonal para que você possa melhorar o aspecto da sua pele. Para isso é preciso que você passe por um dermatologista.

Os médicos recomendam não apertar as espinhas, isso porque elas abrem a pele, fazendo com que ali inicie um processo de inflamação e cicatrização, o que poderá deixar marcas que ficam para o resto da vida, como na imagem abaixo.

Estas marcas podem ser constrangedoras para muitas pessoas, elas possuem sim tratamento, mas são mais caros, por isso é melhor prevenir as marcas do que tratar posteriormente.

As espinhas normais são bem fáceis de espremer, principalmente quando já estão no ponto, ou seja, bem maduras, as espinhas internas são bloqueadas pela pele, além disso, elas doem muito, deixam a pele inchada e incomodam.

Então para que você acabe com o inchaço e com a dor, coloque em cima da pele com a espinha uma bolsa com água quente, tome muito cuidado para não se queimar, deixe aproximadamente 10 minutos, e no outro dia você já se sentirá bem melhor.

Outra forma é você fazer chá preto e com o sache que sobrar dele coloque na pele como uma compressa quente, depois se você quiser poderá aplicar um pequeno curativo para que o chá possa agir.