CONHEÇA A VERDADE POR TRÁS DOS MINIONS

Está em busca de novas oportunidades de emprego?
Basta deixar o seu e-mail na caixinha abaixo que manteremos você informado sobre qualquer vaga disponbilizada em todo o Brasil!


Há boatos rolando na internet de que os personagens Minions do filme “Meu Malvado Favorito”  tenham sidos inspirados em experiências feitas com crianças pelos nazistas. Será isso verdade? Bom, a foto que veremos abaixo está circulando pelas redes sociais desde o dia 19 de julho e mostra muitas crianças vestindo roupas fechadas e usando visores parecidos aos que os personagens amarelos usam.

A foto acompanha um texto no qual afirma que os “Minions” era o nome dado às crianças que eram usadas pelos cientistas nazistas em experimentos com um produto químico chamado cyklon-B, durante da Segunda  Guerra Mundial.

minions

A Verdade por Trás dos Minions

Essa foto que muitos estão associando aos personagens da Illumination Entertainment não tem nada a ver com os Minions e muito menos ao nazismo.

De acordo com os criadores dos personagens, os Minions foram inspirados em parte nos personagens Jawas (Star Wars) e o Oompa Loompas (A Fantástica Fábrica de Chocolates). Os bichoinhos foram totalmente criados para tornar o personagem Gru mais humano.

minions inspiração

A palavra “minion” significa “auxiliar”, “ajudante” ou até mesmo “favorito” em alemão e não tem nenhuma relação com o nazismo como o diz o boato.

Falando da imagem compartilhada nas redes sociais, as pessoas que estão na foto não são crianças e a data em que ela foi tirada é muito anterior ao nazismo alemão (entre 1933 e 1945). Essa era a roupa de mergulho usada em testes (em adultos) em 1908.

Os homens fotografados foram os primeiros mergulhadores da Royal Navy do Reino Unido e a foto pertece ao Museu Nacional da Marinha do Reino Unido.

Existem outras versões da mesma foto onde se diz que os personagens teriam surgido de um filme real, de 1920. E mais uma vez, sem nenhum sentido.

De acordo com o jornal espanhol El País, o boato começou no Chile, através de uma publicação feita pelo internauta Luciano González no Facebook.

A postagem foi compartilhada mais de 40.000 vezes e poucas horas depois, Gonzáles explicou que a noticia não passava de uma lenda urbana e decidiu compartilhar a ideia como um “experimento”, provando que as pessoas acreditam em tudo o que leem nas redes sociais.

Provando assim, que tudo não passa de um simples boatos e os Minions continuam sendo apenas personagens infantis no qual não tem nenhum tipo de inspiração nazista.

 


Está em busca de novas oportunidades de emprego?
Basta deixar o seu e-mail na caixinha abaixo que manteremos você informado sobre qualquer vaga disponbilizada em todo o Brasil!

%d blogueiros gostam disto: