Descubra A Origem Do Mistério Da Loira Do Banheiro

Está em busca de novas oportunidades de emprego?
Basta deixar o seu e-mail na caixinha abaixo que manteremos você informado sobre qualquer vaga disponbilizada em todo o Brasil!


Todo adulto, adolescente e até mesmo as crianças da atualidade já deve ter ouvido falar sobre a assombração da Loira do Banheiro. O que tenho que dizer aqui talvez pode chocar algumas pessoas que não acreditam em sua existência, mas ela de fato existiu.

Descubra A Origem Do Mistério Da Loira Do Banheiro 1

A verão original da história conta como protagonista a jovem Maria Augusta de Oliveira. A moça nasceu no século 19 em Guaratinguetá, São Paulo. O que conta a história é que ela seria filha do Visconde de Guaratinguetá, seu pai a obrigou a casar aos 14 anos com um homem muito mais velho e influente.

A jovem totalmente contra a união, decidiu mudar sua vida por completo 4 anos depois do acontecimento. Aos 18 anos de idade, vendeu todas as suas joias e fugiu para Paris. A jovem viveu lá até 1891, quando faleceu aos 26 anos. O motivo de sua morte é um completo mistério, já que seu atestado de óbito despareceu.

Descubra A Origem Do Mistério Da Loira Do Banheiro 2

Sabendo da morte, sua família pediu que seu corpo retornasse ao Brasil, no qual foi colocado em uma urna de vidro na casa de sua família até que seu túmulo ficasse pronto. Mas, depois de pronto sua mãe não queria que o corpo deixasse a casa. A jovem foi sepultada somente depois que sua mãe começou a ter pesadelos diversos.

Foi em 1902 que o casarão da família se tornou a escola estadual Conselheiro Rodrigues Alves, onde contam que seu espírito habita até hoje, aparecendo frequentemente nos banheiros femininos. E o “mito” se fortaleceu quando um misterioso incêndio aconteceu na escola, em 1916, fazendo com que o prédio fosse reconstruído.

A história tomou essa proporção nacional, porque era usado como “desculpa” para os alunos não matarem aula no banheiro. Muitos diziam que Maria Augusta teria morrido enquanto matava aula no banheiro, caiu e bateu a cabeça no vaso. Assustar os alunos deu certo.

Mas o que realmente me intriga é o motivo da “assombração de sua alma” ter ficado mais conhecida do que sua história de coragem, de fugir de um casamento arranjado em um época em que mulher era totalmente submissa na sociedade.


Está em busca de novas oportunidades de emprego?
Basta deixar o seu e-mail na caixinha abaixo que manteremos você informado sobre qualquer vaga disponbilizada em todo o Brasil!