É possível conciliar estudo e trabalho?


Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionai (Inep) de 2004, cerca de 3,9 milhões de alunos estão matriculados em cursos superiores no Brasil, destes 44% estuda no período noturno, porque na maioria dos casos trabalham durante o dia, eles estudam para melhorar o trabalho e trabalham para custear os estudos.

Realmente não é nada fácil conciliar os estudos com o trabalho, mas não é algo impossível, você só vai precisar se dedicar mais do que os outros. Isso porque não é só estudo e trabalho, você ainda tem família, amigos e namorados.

Principalmente para quem estuda fora a dificuldade é maior ainda, porém você precisa aprender a otimizar o seu tempo, aproveitando todas as brechas que você tem, para melhorar os seus conhecimentos, estudar e ainda aproveitar os dias com a família.

Apesar de tudo isso, existem muitas pessoas que não conseguem equilibrar tudo isso, e acabam sobrecarregando o seu corpo, pois quando se faz muitas atividade sobrecarregamos o corpo de adrenalina, endurecendo algumas regiões do corpo, causando enrijecimento muscular, podendo até mesmo causar uma gastrite nervosa.

Para que você possa conseguir dar conta de toda esta barra, você não poderá se esquecer da atividade física, de uma alimentação que melhora a ansiedade e lhe forneça energia o suficiente para agüentar todos os dias, além de separa um dia para a sua família.

Pois se você não tornar estas atividades acima, parte do seu cotidiano, você terá conseqüências como: indisposição, estresse, sono, dores no corpo, fadiga e dores de cabeça.

E é por isso que você deverá ser determinado, estipule horário para tudo, para trabalhar, para acordar, para fazer atividade física, para estudar e para descansa, dedicando sempre um tempo para você. Não se esqueça que você não precisa necessariamente estudar focando na prova e sim para o seu saber, o conhecimento é a única coisa que ninguém tira de você, por isso quanto mais você ler, mais você estará sabendo sobre o assunto.