Ela Superou Seu Medo De Cachorro Salvando A Vida De Um

Está desempregado?
Marketing por

Cinófoba é o nome dado a quem tem medo de cachorro. Ela é mais comum do que podemos imaginar e seus portadores passam muito mal perto do animal, que para muitos é inofensivo.

Normalmente o medo vem de algum trauma, alguma experiência ruim ou até mesmo do receio de que algo aconteça. É comum pensar que será atacada pelo animal a qualquer momento, a pessoa não se sente confortável e nem segura no lado dos cachorros.

A fobia vivia dentro de Anita Valkova. Até o dia que se deparou com uma cadela sendo atacada por muitos estudantes na rua. Desde esse momento ela deixou a fobia de lado e se posicionou para ajudar o cachorro que precisava de ajuda.

Ela superou seu medo de cachorro salvando a vida de um 1

“Um grupo de estudantes estava jogando pedras nela, e quando vi aquela vira-latinha coberta de sangue, eu soube que precisava agir”, ela conta sem seu blog. E foi assim que Anita deixou o medo para trás e decidiu fazer o que achava certo: se sentou ao lado do cachorro no frio por duas horas na espera de seu pai para leva-la ao veterinário.

No consultório a deram banho, antibióticos e comida. Mesmo com pulgas e feridas o estado de saúde do animal era bom e no dia seguinte foi liberada. Mas, a cachorra ainda não tinha um lar para viver. Com muita existência da mãe, Anita concordou que o melhor lugar para a cachorrinha morar seria na casa da família. A nomearam de Alfeya.

Foi no primeiro banho da mascote que as duas se apaixonaram. Anita estava com muito receio de ser mordida e Alfeya estava com medo da água. Passou-se pouco tempo para as duas se acalmarem e se acostumarem. Ao seca-la tranquilamente com a toalha, não a restou mais duvidas: Anita estava completamente encantada por Alfeya.

Ela superou seu medo de cachorro salvando a vida de um 2

“Ela é minha bebezinha agora. Acho que estou mimando ela um pouco demais”, se entrega Anita.

A menina não salvou somente a vida de Alfeya, também lidou com seu medo da melhor maneira possível e hoje em dia é mais do que feliz na presença de seu animal de estimação.

Está desempregado?
Marketing por