Veja Como a Ansiedade se Desenvolve Desde Criança

19

Filhos sofrem com separação dos pais e podem facilmente desenvolver ansiedade futuramente!

A solidão e o desconforto que uma separação causa em uma criança, pode ser um dos fatores que pode desencadear uma ansiedade futura. Realmente, quando uma família se separa todos sofrem, contudo, quando se é filho, acaba sentindo as dores mais intensas!

Aqui falaremos algumas hipóteses de como esse acontecimento pode influenciar muito no desenvolvimento de ansiedade dos filhos!

Brigas desnecessárias podem desenvolver ansiedade!

Só os filhos sabem o quanto é perturbador ver o pai e a mãe brigando quando ainda somos crianças, contudo, essas lembranças ficam nessas pessoas e com isso elas podem desenvolver ansiedade!

Afinal, o filho ama a mãe e ama o pai, porém, ele se sente culpado pelos pais ficarem brigando diariamente, e só o fato de pensar assim, faz com que não somente a ansiedade se desenvolva, mas, a depressão também começa a dar vestígios!

Os pais que brigam diretamente na frente do filho, infelizmente deixam de pensar na criança, até porque, a criança ao ver os pais brigando, pode fazer com que as lembranças a perturbem para sempre ou por outro lado a criança pode achar que isso tudo é normal e se tornar alguém agressivo!

Pais separados que ficam falando mal do outro através da criança

Se tem algo que é extremamente nocivo para qualquer criança é o fato dos pais fazerem seus filhos de cúmplices para dizer coisas ruins sobre o outro! Veja um exemplo de como a ansiedade pode começar a ser desenvolvida na criança e nos filhos de pais separados!

O pai vive dizendo para o filho que a mãe dele não presta que a mãe dele fez tal coisa contra ele e que ele deve morar com o pai, por outro lado, a mãe vive dizendo que o pai não presta, que o pai dele fez muitas coisas e que o filho deve ficar com a mãe!

Exemplos

Ambos ficam falando mal, o filho infelizmente não vai saber em quem confiar, irá ficar se questionando porque tudo aconteceu, se ele tem envolvimento com essa separação, e pensar, porque sua família acabou!

A partir do ponto que ele se sentir pressionado e não conseguir mais ficar escutando seus pais falarem um mal do outro, a ansiedade já estará desenvolvida!

A própria ansiedade é que vai fazer com que o filho queira distancia dessa situação!

Pai ou mãe ausente que só procura o filho para falar sobre pensão alimentícia

Esse é um dos piores casos e que com certeza não irá desenvolver em seu filho somente a ansiedade e sim a depressão!

Infelizmente quando os pais se separam alguns pais, já pensam na pensão e não na falta que o filho irá fazer, entretanto, é bastante comum ver filhos com ausência de pai!

E o pior de tudo é quando o pai mantém relação com o filho somente por interesse de acabar com a pensão, essa relação “pai e filho por pensão” é completamente toxica!

É uma situação desconfortável, confira o exemplo a seguir:

O filho vai até a casa do pai para procura-lo, para ficar um tempo com seu pai, chegando em sua casa seu pai te chama para entrar, pergunta se está bem e logo começa a falar mal da sua mãe, como se não bastasse, ele pergunta sobre sua pensão e “pretensiosamente” fala que você deve morar com ele, simplesmente para tirar a pensão!

Dessa forma, com que cabeça essa criança irá crescer ao pensar algo a respeito de seu pai?

Os questionamentos virão, junto deles a ansiedade e depressão

Questionamentos como:

  • Será que meus pais me amam?
  • Eu tenho culpa da separação
  • Eu represento uma despesa para meu pai
  • Queria que as coisas fossem diferentes
  • Quero sumir

Esses questionamentos fazem com que o filho certamente possa desenvolver distúrbios como ansiedade e depressão!

Dicas para os pais evitarem desenvolver ansiedade em seus filhos

Pais que se separam independente do motivo, devem estabelecer uma relação de paz entre os dois, para que seus filhos os enxerguem como exemplos!

Quem ficar com a guarda do filho deve cuidar e dar amor, dessa forma, quem tiver que contribuir com a pensão alimentícia deve entender que é lei e que seu filho não merece sua ignorância de ficar comparando ele com despesa!

A dica principal é, independente das brigas e da separação, é que assumam suas consequências e que não fiquem um falando mal do outro, sendo assim, seus filhos irão passar a ter bons olhos e principalmente bons pensamentos sobre a relação que os pais deles tem com eles mesmo separados!

Deixe uma resposta

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui