Como Se Livrar Do Vício Das Redes Sociais

Está desempregado?
Marketing por

Redes Sociais são como drogas. Como assim? O que você está falando Miriam? Pois bem, é isso mesmo. Redes Sociais são infinitamente viciantes. De início você se nega à aderi-las, mas depois de criar sua conta você começa a passar 24 horas por dia conectado à ela.

O Perigo Das Rede Sociais

Eu tomei um choque de realidade nessa última semana quando percebi que ao invés de ter uma vida social, eu tinha uma vida virtual muito enganosa. Quem era eu? Onde eu estava? O que eu estava fazendo com meus dados pessoais?

Face

É pessoal, o assunto é mais sério do que parece. Talvez sua afinidade pelo Facebook tenha começado com um simples desejo de manter o contato com seus amigos, ou fazer novos amigos online. Talvez você estivesse apenas entediado, mas agora você está completamente viciado e não sabe como se libertar disso! Não é?!

Não se preocupe, eu estava ou melhor, ainda estou nessa mesma situação e vou ajudar vocês, e me ajudar também a se livrar desse vício. Depois eu volto aqui pra contar se deu certo comigo, e para saber se deu certo com vocês!

1° Dica: Monitore seu tempo gasto inutilmente

Depois de usar o Facebook por horas, e postar milhares de coisas inúteis, se pergunte: O que eu ganhei verificando meu Facebook? Absorvi alguma coisa construtiva aqui? Anote as suas atividades do Facebook isso pode ajudar você a perceber quanto tempo você realmente gasta sem fazer nada de construtivo. Marque a hora em que você entrar e a hora que sair, ou baixe um aplicativo para seu navegador que irá acompanhar o tempo que você gasta em determinados sites, um desses programas é o STAY FOCUSED.

2° Dica: A princípio estabeleça um limite de uso

É claro que se você é viciado não vai sair por ai de um dia para o outro e cancelar de vez sua conta. O máximo que você vai conseguir com isso é entrar em depressão, ou em um surto psicótico. Por isso, a princípio estabeleça um tempo para o uso do Facebook, Instagram, Twitter, Ask, ou qualquer outra dessas porcarias.

3° Dica: Concentrar-se em outras atividades que você estava negligenciando

Você vai se surpreender ao ver quantas pessoas moram na sua casa! Vai se surpreender também ao ver que tem muito mais coisas lá fora do que você podia imaginar. Será surpreender saber que você pode praticar atividades físicas. Quem sabe visitar um parente? Finais de semana em casa nunca mais! Passeios, passeios e mais passeios!

4° Dica: Saia de vez do Facebook

Se você criou um horário, mas não consegue se manter nele ou se você decidiu que qualquer tempo que você passe no Facebook é perdido é hora de abandonar o barco. Há duas opções aqui: ou você pode desativar sua conta, o que deixa você respirar um pouco sem perder nenhuma informação, ou excluir sua conta do Facebook permanentemente, o que é irreversível. Se você planeja excluir permanentemente, limpe cada milímetro de informação do seu perfil. Não se esqueça de remover até suas fotos.

5° Dica: Encontre alternativas ao Facebook

Várias pessoas ficam viciadas no Facebook porque elas verificam sua linha do tempo quando não têm nada para fazer, como entre as aulas, ou durante o intervalo do almoço; então a curiosidade toma conta do tempo que deveria ser gasto fazendo outras coisas, como estudar ou trabalhar. Encontre algo durante estes pequenos espaços de tempo para prevenir uma recaída, que à propósito são muito naturais no início.

excluir-conta-no-facebook

Assim que você tiver descoberto que está viciado no Facebook, você provavelmente deve evitar outros sites de redes sociais como o MySpace, Twitter, Instagram e outros. Não adianta nada substituir uma conta por outra.

NOTA: Após excluir o Facebook, ou outras redes sociais, você perderá amigos, namorados virtuais e possivelmente contatos afetivos, porém, acredite, depois de um tempo você notará que sua vida ficará muito melhor!

Está desempregado?
Marketing por

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.