Mitos e verdades sobre o clareamento dentário

Está desempregado?
Marketing por

Todo mundo quer ter dentes bonitos, porém muitos devido ao costume não conseguem ter os dentes brancos. Fazer a correção dos dentes é fácil, com aparelho ortodôntico você consegue, porém deixar os dentes brancos não é tão fácil assim.

Existem alguns alimentos que são bons para os dentes, porém existem outros que prejudicam os dentes como os que possuem corantes, conservantes, dificultando assim a coloração dos dentes.

Existem muitos mitos que rodeiam o clareamento dental, existem várias formas de fazer um clareamento, mas de nada adianta fazer se você não conhecer as verdades que giram em torno dele.

Mito

• Chá verde escurece os dentes
• O dente do 3º molar (siso) deve ser extraído
• Enxaguantes bucais podem substituir a escovação
• A escovação de língua é mais eficiente que o uso de limpadores
• Clareamento dental sensibiliza os dentes

O clareamento dental por si só não sensibiliza os dentes, alguns dentes são mais sensíveis devido á presença de trincas em sua superfície, nestes casos o procedimento deixará os dentes mais sensíveis. Outra coisa que você precisa saber é que nada substitui uma escovação e a língua e a bochecha também devem ser escovadas e limpadas com os devidos limpadores.

O terceiro molar só deve ser extraído caso ele esteja prejudicando os outros dentes ou esteja causando dor.

Verdade

• Cigarro causa gengivite
• Bicarbonato de sódio ajuda a clarear os dentes
• Dentes sensíveis se fortalecem com flúor
Bruxismo pode danificar a superfície dental

Como é feito o clareamento dental?

O clareamento dental é feito através de moléculas de géis oxidantes, que liberam oxigênio, havendo duas maneiras de realizá-lo, no consultório ou na própria casa. No consultório é á laser, o dentista isola a gengiva com uma resina especial. O gel é potencializado com o efeito LED uma luz que alcança potência sem aquecimento, assim durante alguns minutos o dente é clareado.

Em casa o cliente sobre orientação do dentista, usa um gel oxidante de média potência, junto com uma moldeira, que deve ser usado diariamente, também é seguro e eficaz e pode resolver muitos dos casos.

O grau de clareamento vai depender da matriz do seu dente, ou seja, existem tonalidades, por exemplo, mais amarronzadas, que são tão sensíveis ao clareamento, portanto não respondem tão fortemente aos clareadores.

Preços

• Á laser gira em torno dos R$400,00 e R$700,00;
• Com a moldeira de R$300,00 á R$500,00.

Está desempregado?
Marketing por