MORFINA: O QUE É E COMO SURGIU


Muitas pessoas já ouviram falar da morfina, mas são poucas as pessoas que sabem o que realmente é. A morfina é um fármaco narcótico com um altíssimo poder analgésico usado para aliviar dores fortes.

O nome dessa substância tem origem no Deus grego dos sonhos, Morfeu, isso porque a droga propicia ao usuário sonolência e efeitos análogos aos sonhos.

Ópio

A substância da morfina é derivada do ópio, sendo uma das mais potentes quando se trata de alívio das dores severas, por isso é tão comentada e famosa no setor médico.

O ópio já é muito conhecido e usado desde as primeiras civilizações pelos gregos, egípcios e romanos. Na Arábia, China e Índia o ópio também já foi muito apreciado.

morfina

No entanto, os médicos começaram a questionar qual seria a eficácia do ópio no tratado de algumas doenças, já que o ópio consegue apenas fazer com que o paciente fique em um estado do qual não se lembra de nada, diminuindo as dores fortes, mas não conseguindo eliminar o problema.

Em 1800, o ópio conseguiu se tornar o analgésico preferido entre diversos especialistas.

Como descobriram a morfina

Em 1804, Friedrich Serturner descobriu a morfina enquanto estava trabalhando como aprendiz de um boticário na Alemanha. O farmacêutico alemão ficou conhecido como o primeiro a isolar a morfina.

Serturner testou em animais e ajustou as dosagens e então conseguiu fazer o mais novo medicamento. Por conta de sua falta de credenciais na época, o produto não foi bem aceito por toda a comunidade médica.

Foi então que o alemão decidiu então mostrar a eficácia da substância durante uma dor de dente dolorosa que estava tendo.

Afinal, a morfina é boa ou ruim?

Em 1820 as empresas farmacêuticas começaram a produzir doses da droga que começou a ser vendida como um analgésico, mas também era usada para curar a dependência de álcool e outras diversas substâncias.

Depois de vários anos a morfina passou a ser administrada diretamente na corrente sanguínea, foi então que os especialistas viram como a droga tinha efeito sobre os usuários.

Na Guerra Civil Americana (1861-1865), começou então o mau uso do analgésico. As pessoas começaram a usar indiscriminadamente ao perceber que era mais viciante que o próprio ópio.

Proibida por lei

Para ter uma pequena noção do perigo da substância, a heroína é derivada da morfina. Em 1914 a morfina juntamente com heroína e cocaína se tornou ilegais.

Atualmente, a substância é apenas liberada para uso médico, mas classifica como controlada por conta de seu elevado potencial viciante.