O perigo em consumir adoçante artificial

1

Muitas pessoas optam pelo consumo de adoçante artificial para adoçar as suas bebidas, podendo encontrar até mesmo em alguns alimentos e remédios.

Com poucas gotas podemos substituir uma grande quantidade de açúcar, então o adoçante possui uma potência 200 vezes maior do que o açúcar, por isso a usa ingestão em excesso pode trazer diversos problemas.

De acordo com estudos realizados e divulgados pelo fantástico o aspartame pode aumentar o risco de câncer.

Um dos resultados do excesso no consumo de aspartame (adoçante artificial) é a liberação de ácido metanóico no sangue, uma substância altamente tóxica que está presente em venenos de formiga.

Outro componente prejudicial á saúde é o ácido aspártico, que pode causar a morte das células, causando danos especialmente para as crianças. Além disso, os componentes do adoçante artificial libera fenilalanina que em alta concentração no cérebro pode abaixar o nível de serotonina e assim causar desordens como depressão, esquizofrenia, dor de cabeça e até mesmo infarto.

Apesar de ser um produto indicado para muitas doenças, como a diabetes e estar na categoria de produtos saudáveis, o adoçante artificial pode aumentar a vontade de consumir carboidratos, causando assim o aumento do peso.

O consumo deste produto é proibido para portadores de uma doença chamada Fenilcetonúria, pois o organismo destas pessoas não é capaz de metabolizar a substância fenilalanina. O adoçante artificial não é indicado para diabéticos, porque descontrola os níveis de açúcar no sangue podendo levar até o estado de coma.

Para que você esteja segura de que no produto que está consumindo não tenha, ou tenha fenilalanina, basta ler o rótulo, pois a ANVISA decretou que estivesse em destaque os produtos que contenham esta substância.

Portanto de acordo com a ANVISA deve ser consumido apenas 48g de adoçante artificial por dia, para um adulto de aproximadamente 60 kg, já uma criança de 30 kg pode consumir cerca de 24g de adoçante por dia, contando não só o que você coloca na alimentação, mas o que vem embutido também.

Por isso uma dica, se for possível opte por adoçante natural como o mel e Stévia uma planta original do Paraguai, além disso, ela não é tóxica e não contém calorias.

Deixe uma resposta

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui