Qual melhor absorvente?


Apenas as mulheres que não menstruam, não vão precisar destes “amigos”, felizmente são eles que nos proporcionam mais segurança e higiene nesta fase da vida, e que fase comprida, desde a adolescência até a menopausa será preciso conviver com isso.

A menstruação ocorre quando não há fecundação, ou seja, dentro no nosso ovário é liberado em um período do mês os óvulos, estes servem para a reprodução. Passado este período que eles são liberados e não são fecundados é preciso mandá-los embora, e é neste momento que ocorre a menstruação.

As mulheres que tomam anticoncepcional, na maioria delas têm o fluxo da menstruação menor, mas as adolescentes logo em suas primeiras menstruações irão se deparar com uma menstruação de bastante fluxo e muitas vezes acompanhadas de fortes cólicas.

Qual absorvente escolher?

No mercado existem vários modelos de absorventes para que as meninas e mulheres possam escolher. Na versão externa você tem as opções com abas, sem abas, cobertura seca ou cobertura suave. A cobertura seca é feita de polietileno e tem um aspecto de plástico, já a cobertura suave é de algodão e tem um aspecto mais macio.

Entre estes dois a mulher precisa testar para ver qual melhor se adapta em sua pele, é preciso que o modelo fique bem encaixado entre as pernas, dê a sensação se sempre seca e não cause alergias. É bem mais comum que o cobertura seca (polietileno) cause alergia, por causa do seu material sintético, mas isso depende de mulher para mulher.

Com relação á ser com abas ou sem abas, é interessante que você nesta questão olhe para o fluxo. Mulheres com um fluxo maior é melhor usar absorventes com abas, isso garante que você terá o absorvente sempre no mesmo lugar, não correndo o risco de manchar a sua roupa. Porém quando se usa saias fica melhor usar um sem abas.

Não é aconselhável ficar por muitas horas sem trocar o absorvente, quanto mais tempo você ficar com ele, maior será o seu contato com bactérias, fungos, o que poderá causar odor, alergias e até mesmo infecção. Por isso com relação ao absorvente externo o ideal seria trocar a cada três horas, mas tudo vai depender do fluxo também.

Já o absorvente interno  faz com que as mulheres tenham mais dúvidas ainda. Primeiramente quem é virgem pode sim usar um absorvente interno, isso porque ele não penetra na vagina, ele apenas fica na passagem do fluxo para absorver este fluxo. O tamanho do absorvente interno varia de acordo com o seu fluxo, então um fluxo menor poderá ser usado o absorvente interno chamado de mini, já uma mulher com fluxo maior deverá usar o grande.

Existe por fim, a opção de protetores diários, estes são indicados apenas para quando você já está no último dia de menstruação, pois o uso contínuo destes protetores diários, pode abafar o local e fazer com que a proliferação de bactérias seja facilitada.

Usando assim o absorvente que mais te deixa confortável é preciso apenas cuidar da sua higiene íntima para que este período considerado desagradável possa ser mais confortável.