Verdades e mitos sobre o câncer de mama


O câncer de mama acomete mulheres á partir dos 30 anos, este vem aumentando o seu índice e a idade de mulheres que apresentam esta doença vem diminuindo, tendo casos de mulheres com 30 anos que apresentam o câncer.

O que é câncer?

Câncer é o nome dados á mais de 100 doenças, o que elas têm em comum é o crescimento desordenado das células do seu organismo, podendo estas espalhar (conhecido por metástase) ou ficar no mesmo lugar.

O câncer pode ser maligno ou benigno, quando é maligno é conhecido como tumor. O benigno significa apenas que uma massa de células se multiplicaram de forma errada, se assemelham ao tecido original e na maioria dos casos não oferecem riscos. Já as células benignas, possuem tamanhos e formas diferentes, este são agressivos e podem espalhar para o corpo todo.

Só de saber o que é câncer e a diferença entre câncer benigno e maligno já é um alívio para muitas mulheres. É importante que você saiba também que o câncer de mama também pode ser encontrado em homens, por isso sempre fiquem atentos aos sinais que o seu corpo lhe apresenta.

É importante que você sempre faça o autoexame da mama, além de conhecer o seu corpo, você está se prevenindo e poderá descobrir, se houver algo, com antecedência ajudando assim no tratamento.

Após os 40 anos é indicado fazer todos os anos a mamografia, antes dos 40 anos também pode fazer, mas é mais comum após os 40 anos. Caso seja encontrado alguma coisa, será necessário fazer uma biópsia de mama, para descobrir o que é aquele nódulo encontrado.

Verdades

• Casos de câncer de mama na família colocam a mulher no grupo de risco
• Câncer de mama está associado á idade
• Mamografia é a principal forma de diagnosticar precocemente a doença
• Quem menstrua cedo tem mais chances de desenvolver o câncer de mama após os 50 anos
• Excesso de peso
• Falta de vitamina D no organismo
• Ingestão regular de álcool e outras substâncias viciantes
• Praticar atividade física ajuda na prevenção
• Estresse pode ser um causador do câncer, desde que você tenha pré-disposição genética

Mitos

• Quem não tem histórico familiar está livre
• Prótese de silicone aumenta as chances de câncer de mama
• Aborto (mesmo que espontâneo) aumenta o risco
• Ingerir alimentos agrotóxicos
• Usar desodorantes antitranspirantes
• Usar sutiã com aro metálico
• Não engravidar ou amamentar
• O autoexame é o único exame para diagnóstico

Então a melhor coisa a se fazer é consultar o ginecologista todos os anos para fazer os exames de rotina, fazer o autoexame pelo menos uma vez ao mês, cuidar da alimentação, praticar atividade física e evitar constante estresse.